www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
26/10/2021 - 14:07
Presidente Paulo Corrêa defende novas diretrizes na educação básica
Foto: Reprodução
 presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Paulo Corrêa (PSDB), fez uso da palavra na sessão ordinária desta terça-feira (26) para ressaltar a importância do  Programa MS Alfabetiza, lançado pelo Governo do Estado (veja aqui), e defendeu novas diretrizes na educação.
 
“Com a aprovação nesta Casa de leis, o governo lançou um programa que auxilia as redes de ensino básico, com material escolar e apoio pedagógico, treinamento e formação de equipe multidisciplinar, além de premiar as escolas com os melhores índices e melhorar as escolas com os piores índices. Para isso, serão investidos quase R$ 9 milhões na alfabetização dos alunos até os 7 anos”, destacou.
 
De acordo com os resultados da Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA) de 2016, 54,73% dos estudantes acima dos 8 anos apresentaram níveis insuficientes de leitura no Estado. “Chegar aos 7 anos e não saber ler e escrever, não saber fazer conta de matemática, é inadmissível. Entendo que o Brasil está ‘emburrecendo’. Quem não sabe ler é analfabeto. O mérito de quem aprende é passar de ano e o demérito deveria ser reprovar. Defendo uma discussão para rever conceitos”, disse o  presidente, referindo-se à recomendação do Ministério da Educação (MEC) para que as escolas não reprovem os alunos dos três primeiros anos do ensino fundamental.
 
Zé Teixeira (DEM) também enalteceu o programa e a adesão dos 79 municípios do Estado, que vão receber investimentos na qualificação profissional dos professores, material didático complementar e no apoio pedagógico. Barbosinha (DEM) parabenizou a ALEMS, que tem sido protagonista no desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Ele também concorda em rever os modelos da educação. “É preciso fazer uma reflexão sobre o aprender junto com a comunidade escolar, pais e alunos. Se queremos evoluir quanto País, devemos aprimorar nossa educação”, destacou.
Por: Heloíse Gimenes / Agência ALEMS
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
Alta da gasolina pesa, e inflação oficial fica em 0,87% em agosto, maior taxa para o mês desde 2000
    
   
Paulo Corrêa, presidente da Assembleia Legislativa
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS