www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Geral
29/07/2021 - 08:29
Frio ganha força e aumenta chance de geada nesta quinta-feira
Foto: Chico Ribeiro
A intensa massa de ar polar que passou a atuar no Sul do país deu início ao que a meteorologia aponta ser a onda de frio mais severa deste ano até o momento chegou a Mato Grosso do Sul ontem (28) e deve se intensificar nesta quinta-feira (29) com chance de temperaturas abaixo de 5°C e geada no extremo sul. 
 
Com pouca nebulosidade as temperaturas caem mais rápido. "A cobertura de nuvens é um importante fator que interfere no aquecimento e no resfriamento do ar durante o dia e também durante a noite, atuando como um regulador da temperatura. Com o céu limpo, as temperaturas tendem ser menores", explica a coordenadora do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec), Valesca Fernandes. 
 
Esse fator também influencia nos níveis de umidade relativa do ar que podem atingir valores críticos entre 30-20% em praticamente todas as áreas de Mato Grosso do Sul.  Nestas condições é necessário aumentar a ingestão de líquidos, umidificar ambientes e redobrar atenção com idosos e crianças. 
 
Vale lembrar que a combinação entre temperatura e velocidade do vento, também chamada de sensação térmica, pode potencializar a percepção de frio na pele. 
 
Na parte centro-sul e leste do Estado as mínimas podem ficar entre 0°C e 5°C no início da manhã, e à tarde devem ficar entre 12°C e 17°C. Já na região norte e pantaneira as mínimas ficam entre 10°C e 13°C, e as máximas entre 17°C e 20°C.
 
 
Mireli Obando, Subcom
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
Alta da gasolina pesa, e inflação oficial fica em 0,87% em agosto, maior taxa para o mês desde 2000
    
   
Paulo Corrêa, presidente da Assembleia Legislativa
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS