www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Geral
02/04/2009 - 09:38
Sociedade manifesta apoio a permanência de Magno no Amor-Exigente
Foto: Hora da Notícia
José Magno Macedo Brasil, psicólogo e psicanalista
José Magno Macedo Brasil, psicólogo e psicanalista

O programa “Amor-Exigente” foi estruturado em Costa Rica há exatamente um ano. As primeiras reuniões eram observadas com certo cepticismo por um número pequeno de convidados que se quer tinham noção da extensão do programa que iria mudar a vida de muitas famílias que não encontravam mais saídas. O vício nas drogas químicas matava minuto a minuto os dependentes. Com determinação, estava ali a frente do programa um sujeito descontraído, amigo de todos e conhecedor profundo da dura realidade das famílias.

Ele é José Magno Macedo Brasil, psicólogo e psicanalista, que buscou num primeiro momento parcerias com a imprensa; em seguida veio a Igreja Católica e depois os Magistrados, e o Ministério Público. Agora a permanecia de Magno, que é coordenador do programa no município, está ameaçada por incompreensão dos gestores da saúde.

Sem o apoio oficial do poder público municipal, Magno foi tocando e contando com apoio da sociedade, os dias se passaram e na última terça-feira (31) realizou a 52ª reunião com a presença de quase 50 pessoas. Recebeu a visita do Paulo Roberto, Juiz da Comarca; Luiz Alberto de Moura Filho, representante do Ministério Público; Izonildo Gonçalves de Assunção Júnior; e o vereador Moacir Justino.

Eles ouviram depoimentos emocionados de pessoas recuperadas e falaram da importância do trabalho com a comunidade de Costa Rica.
Emocionado com o sucesso do trabalho, o Coordenador disse que o foco do Amor-Exigente é a prevenção às drogas ilícitas e afirmou: “é um programa que recupera 90% das pessoas e reestrutura a família”. Para o psicólogo a melhor maneira de tratar é “prevenir”. Magno convidou a sociedade a uma reflexão no sentido diagnosticar o que está acontecendo com a cidade e observou que o futuro está nas mãos de todos, “precisamos repensar o que está acontecendo em Costa Rica, está em nossas mãos... Precisamos pensar em uma nova sociedade”, concluiu.

Preocupando com o alto número de pessoas dependentes de drogas ilícitas na cidade, Luiz Alberto falou da importância do programa e disse: “precisamos ter um norte”. O magistrado julga diariamente pessoas envolvidas com tráfico e acompanha a evolução das drogas nas periferias. Demonstrou preocupação com a alta rotatividade do trafico, que segundo ele, a divisa do município com outros Estados contribui e preocupa.

Ressaltou os altos custos que um dependente químico traz para a saúde do município, “não podemos ficar de braços cruzados”. Ele demonstrou preocupação com o número crescente de pessoas envolvidas com drogas julgadas na Comarca: “nos que julgamos estamos trabalhando com vidas...”.
A possibilidade de Magno se transferir para outra cidade por problemas salariais levou juiz a procurar o chefe do poder executivo municipal para tentar uma solução. O magistrado informou que há uma lista com cerca de 660 assinaturas de pessoas da comunidade pedindo a permanecia dele na cidade. Revelou que as pessoas precisam exigir do poder executivo uma solução para esse impasse, mas reconheceu: “o povo é muito passivo”; e deixou o seu recado aos presentes: “o poder é do povo, ele coloca lá, ele pode tirar, nós fazemos o que está na lei, somos limitados, não somos executivo”, disse.

Izonildo iniciou sua fala com uma dura critica aos políticos locais que viram as costas para o trabalho: “sinto que no meio político a desagregação da família não tem importância, como tem para nós”. Disse ter sido procurado o prefeito, acompanhado do Juiz Luiz Alberto, quando perceberam que o psicólogo não teria condições de continuar, mas até agora não obtiveram resposta. “Dissemos que o grupo é sério, que Magno é fundamental para o grupo ficar fortalecido”. Para Izonildo a questão é política, mas essa não depende do Ministério Público ou do Juiz: “não está em nossas mãos”, finalizou.

O promotor desabafou a angustia de muitas vezes ter que pedir a condenação de um pai de família. “Não e fácil, machuca a alma levar um pai de família para cadeia”. Ele demonstrou a insatisfação com a violência que vem acontecendo na cidade com a sociedade: “muitas desgraças, estão acontecendo”, observou.

Reafirmou o projeto ser fundamental, e a permanecia do Magno também. Se colocou ao lado do profissional e da comunidade para ajudar na solução do impasse.
Izonildo destacou a presença do vereador Moacir e disse que ele tem mais poder para ajudar a continuar o trabalho pelas prerrogativas políticas que dispõe. Ele deixou claro que se houver perseguição política vai agir.

O vereador disse ser conhecedor das dificuldades vividas pelos moradores da cidade: “falta de empregos e diferenças sociais, essas pessoas precisam ser resgatadas e o Amor-Exigente ajuda essas famílias. Se o Magno for embora perderemos um grande profissional é fará muita falta, finalizou”.

Já o Padre Paulo manifestou preocupação e disse que ser importante a permanência do psicólogo no grupo: “estamos trabalhando com vidas, e vidas tem que ser defendidas”, esse é o lema do Amo Exigente: “ nós o amamos, mas não aceitamos o que você está fazendo”.

A mãe de uma paciente percebendo que pode perder o profissional por diferenças políticas questionou: o porque de Costa Rica ter tanta política; e indagou: o que está acontecendo?
Essa mesma senhora foi categórica em afirmar: “se não fosse o Magno minha filha podia não estar mais aqui”, contundente, ela foi além: “ele precisa ser valorizado, ele não só ajudou a minha filha como está ajudando muitas outras”. Outra mãe falou com orgulho do filho que ficou um ano em tratamento; chorando ela disse: “hoje o meu filho trabalha de carteira assinada”.

Betânia, uma paciente e amiga homenageou e contou sua historia de sofrimento vencida com ajuda do psicólogo e do programa. Ela cantou e finalizou, com uma palavra de quem já não acredita mais na permanecia dele: “ele está indo embora, mas somos todos os amigos, somos uma família que tem Deus para nós coordenar”.



Hora da Notícia

    
› Comentários
Jose Augusto em 05/04/2009 16:09
A comentarista '' MARCIA DE SOUZA'', foi infeliz, ao falar sobre ''É tica Profissonal'. Deveria informar-se melhor, LER e entender Vivemos em um pais democratico e qulaquer profissional independente de sua especialdade, cidadão brasileiro,l cumpridor de seus deveres, que paga impostos tem direito de expressão politico-partidario, religiosa ect. Ser voluntario, coordenador de AMOR EXIGENTE é uma conquista. Só é convidado para a função quem tem ética competencioa seriedade compromisso social credibilidade e amor ao proximo (doação dedicação) e um trabalho reconhecido pela sociedade e pela FEBRAE(federação brasileira de amor exigente).
Marcia Souza em 04/04/2009 13:49
Acho muito importante e preciso termos um profissional que faça um trabalho como esse, porém penso que é de muita falta de ética profissional esse mesmo profissional tomar partido político e deixar isso atrapalhar sua bela atuação no campo da saúde. Um lugar melhor para se viver se faz com seriedade, profissionalismo e muito amor pela sua gente, não tomando partido deste ou daquele político.
luiz paulo em 04/04/2009 08:23
VOU DIZER UMA VERDADE AQUI TEM PESSOAS QUE VEM DE FORA PARA VISTORIAR UMA CIDADE .QUE NAO SABE VOLTAR OS OLHOS REALMENTE PARA AS COISAS ERRADAS DA CIDADE EM QUESTAO DA SAUDE . POIS É É MAIS FACIL CORTAR AS CERTAS POIS AS ERRADAS SO POUCOS SABEM POIS EU SEI MUITAS ,MAS FAZER O QUE PESSOAS DI FORA NAO ENCHERGAM PQ NAO É COMPETENTE PARA O CARGO . AGORA VE A POPULAÇÃO ENPLORANDO PARA D. MAGNO FICAR E NAO FAZ NADA SERA QUE ESSES GOVERNANTES DA CIDADE SÃO BURROS CEGOS ,QUE NAO VE O QUE A POPULAÇÃO ESTA PRECISANDO . OUTRA COISA A CIDADE SO VAI PARA FRENTE QUANDO GOVERNATES TRABALHA COM A POPULAÇÃO CONJUNTA ISSO É O QUE NAO VEM ACONTECENDO AQUI EM COSTA RICA . POIS MINHS PALAVRAS SÃO DE DESABAFO DE UM CIDADÃO COSTA RIQUENSE. OBRIGADO PELA OPORTUNIDADE.
helio xavier em 02/04/2009 17:40
Sabemos do valor de Magno Macedo para a sociedade ;temos a obrigaçao de telo junto a essa cidade,que merece um cidadao digno.de carater e idoneo.a responsabilidade social dos politicos e dar o melhor para a populaçao que os elegeram,e o melhor e continuar com o Amor-Exigente ,um programa que alguns nao conhessem ou se fazem de nao conhecer.esperamos que o Dr,Magno fique conosco para a populaçao inteira desfrute desse programal essencial a comunidade de Costa Rica.
Luci Melo em 02/04/2009 13:26
Acho que na vida tudo tem um explicação......a unica coisa que jamais consigo encontrar uma explicação a FAMOSA POLITICA, Dr. Jose Magno e um pessoa abençoada com esse trabalho voluntario que esta fazendo aqui na Costa mais tambem acho que POPULAÇÃO deveria revindicar seus direitos e o que fazemos temos medo de perseguição e colocamos nossa cabeça num buraco e fazemos de conta que isso não nos atinge.....Hoje são eles que estão precisando do Dr. manha pode ser um de nos.
Olentina em 02/04/2009 12:02
Morei em Costa Rica mais de trinta anos. Estou fora dai há cinco (Campo Grnade). Quando moradora de Costa Rica, tentamos criar o Grupo Amor Exigente, o que sabemos, é mesmo um "salva vidas". Na época, também não tivemos apoio quanto a pessoas que assumissem as lideranças e o grupo acabou se desfazendo. Fui apresentada ao Dr. José Magno e fiquei feliz que estivesse abraçando esta causa. Amo a população costarriquense e sei o quanto esse grupo capaz de beneficiar nossas famílias. Mesmo estando distante, acompanho o crescimento e problemas de Costa Rica, nesse momento, estarei orando para que Deus na sua imensa misericórdia, toque o coração daqueles que detem o poder, de maneira que eles possam vir conhecer o potencial desse grupo e o valor que as pessoas que abraçam essa causa passam ter na vida de quem tem um problema de dependência química.
Cleidiane em 02/04/2009 11:28
É uma pena mesmo o Dr.José Magno está deixando Costa Rica!!!POis,foi ele quem ajudou meu Pai a se recuperar de um Depressão.E também ao meu Tio que estava se acabando na bebida e que hoje esta levando uma vida normal e digna.Não tenho palavras a agradecer a ele.Somente Deus que está no Céu vendo tudo o que ele faz di bom aqui na terra para as pessoas que precisam de ajuda,e somente Deus irá recompensar por tudo isso que ele faz aqui na terra.É um grande profissional que merece ser respeitado como Profissional e também como ser Humano.
cleirimar em 02/04/2009 10:52
Realmente é uma pena se isso acontecer, pois vai fazer muita falta pra cidade e o futuro dela em si.Mas quero acreditar que os nossos representantes do legislativo não vá deixar isso acontecer.
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
Carreiras digitais em alta: é hora de melhorar seu currículo
    
   
Venda de carros
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS