www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Eventos
24/09/2015 - 08:25
Hospital de Câncer de Campo Grande garante 30% da receita por meio de leilões e doações
Foto: Divulgação
Assessoria PMF
Prefeito,Rogério Rosalin
Prefeito,Rogério Rosalin
Neste ano o Hospital de Câncer Alfredo Abrão recebeu R$ 3,4 milhões em doações, valor que corresponde a 30% da receita da instituição. Apesar de regular, a situação financeira do Hospital depende de eventos beneficentes e contribuições diretas, como acontece no Leilão Pela Vida, que chega a sua terceira edição em 2015. Doações de gado de corte e prendas estão previstas para o evento e devem ser arrematadas por lances que ultrapassam o valor de mercado. Nas duas primeiras edições, o Leilão Pela Vida somou receita de R$ 1,6 milhão, e a próxima está marcada para o sábado (26), a partir das 11h, em Figueirão (MS).
 
As despesas mensais do Hospital de Câncer são de aproximadamente R$ 2 milhões, tendo como receita média mensal R$ 200 mil. “Firmamos essa parceria com o município de Figueirão e tem sido muito positivo para nós, não só pelo valor arrecadado, mas por vermos o grande interesse em contribuir para que mais pessoas consigam tratar a doença”, destaca o diretor-presidente da instituição, Carlos Coimbra. Além do Leilão Pela Vida, o hospital promove nesta semana uma capacitação direcionada aos colaboradores da Secretaria de Saúde do município.
 
Segundo o prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin, o número de moradores do município, que dependem do Hospital para tratamento é pequeno, mas isso não deve ser levado em consideração. “Não é apenas pelo tratamento da população de Figueirão. Apoiamos pela manutenção da saúde de centenas de pessoas do Estado. Todos os municípios sul-mato-grossenses possuem maior arrecadação que o nosso, mas com gestão eficiente, conseguimos estruturar nossa cidade e ainda ultrapassar os limites geográficos, privilegiando quem precisa”, destaca Rosalin, ao fazer questão de apoiar o Leilão Pela Vida, apesar de Figueirão somar o menor Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso do Sul.
 
Para o proprietário da Fazenda 3R, Rubens Catenacci, que realiza e apoia o Leilão Pela Vida, é a oportunidade de contribuir, para que o Hospital de Câncer de Campo Grande aumente o número de procedimentos. “Nossa especialidade é produzir genética de qualidade e estamos colhendo frutos disso, mas não podemos deixar de pensar no próximo. Nosso objetivo é que o hospital cresça para que possa contribuir para o tratamento de todos que precisam”, destaca o pecuarista, que também apoia o 1º Leilão Aniversário de Figueirão, que acontecerá na sequência, às 14h.
 
Ambos os leilões são de realização da Fazenda 3R e Carvalho Leilões e têm como parceiros a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Sistema Famasul), Prefeitura de Figueirão, Agroceres Multimix, Ouro Fino Agronegócio e John Deere.
 
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Ramiro Piergentile Neto
Direito de Opinar
    
   
    
   
Tenente Palácios

Parabéns por esta data especial!


Que o tempo seja sempre o seu melhor parceiro...

    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   horadanoticiaredacao@hotmail.com   |   Costa Rica - MS